Qual a Melhor Marca de Creatina para dar Força?

Publicidade

A creatina está na lista dos suplementos mais procurados do mercado, sendo bastante utilizada por atletas de fisiculturismo. Mas a maior dúvida está em como podemos escolher o melhor produto disponível entre tantas empresas?

Neste artigo, vamos falar sobre quais as melhores marcas de creatina disponíveis no mercado e como você pode fazer uma escolha adequada. Se quiser conhecer mais sobre este assunto, leia também os artigos creatina monohidratada e alimentação pré-treino.

O que é a creatina?

Os suplementos de creatina são muito procurados por atletas de diversas modalidades e são comercializados em pó, em cápsulas e líquido, podendo também conter a adição de carboidratos, vitaminas e minerais. Esta substância também pode ser encontrada naturalmente em alimentos como as carnes bovinas e suínas, os ovos, o leite e os peixes.

A creatina está bastante presente no músculo, em torno de 95% do total, e tem a capacidade de aumentar a produção de energia dentro da célula, promovendo maior síntese protéica, auxiliando no desenvolvimento muscular, no aumento da força e também evitando a fadiga muscular pós-treino.

No entanto, ela pode ser encontrada em muitos tipos diferentes e também é produzida por diversas empresas, causando confusão na hora de se escolher uma marca mais adequada.

Vamos apresentar, a seguir, algumas dicas para você escolher adequadamente as melhores marcas de creatina:

1. Verifique quais as marcas que estão registradas pela legislação:

A legislação para os suplementos no Brasil é definida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a ANVISA. A primeira coisa que devemos fazer antes de escolher uma marca de suplemento de creatina é verificar se a empresa que vende o produto está adequadamente registrada no país e se está autorizada a vender.

Procure pela empresas nos canais de informação disponíveis na ANVISA e verifique o número de registro do produto na rotulagem do mesmo, garantindo sua qualidade;

2. Verifique a dosagem padrão do produto:

A ANVISA recomenda no Brasil que a dose diária padrão dos suplementos de creatina devem estar entre 1,5 g e 3,0 g por dia, no máximo. Use somente as marcas de creatina que atendam esta exigência, evitando aquelas que tenham doses maiores e que possam vir a prejudicar sua saúde com o uso prolongado deste produto;

3. Verifique se existe alguma reclamação sobre a empresa:

Muitas pessoas optam por escolher marcas importadas acreditando que estas empresas tenham maior qualidade no produto. Porém, isto nem sempre é verdade. Sempre procure informações sobre a empresa em sites especializados como, por exemplo, no PROCON (Proteção ao Consumidor).

Outro órgão que ajuda na manutenção da qualidade dos produtos é o INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) que realiza diversos estudos sobre a adequação das rotulagens aos produtos e saber se efetivamente o que está sendo anunciado na empresa é o que está sendo vendido;

Conheça a creatina monohidratada!

Conclusão

Escolher a melhor marca de creatina pode ser uma tarefa difícil, mas seguindo algumas pequenas dicas você pode encontrar produtos com qualidade e de empresas realmente sérias e legalizadas para comercializar este tipo de suplemento.

Continue conosco nos próximos artigos e deixe aqui seus comentários ou dúvidas. Até mais.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar!