Como Se Livrar de CRAVOS na Orelha e no Ouvido Fácil e sem Dor!

Publicidade

Cravos irritam. Não só esteticamente como também quando causam dor. Embora os cravos são mais comuns no nariz, qualquer região do corpo que esteja oleosa pode produzir cravinhos incômodos. Eles nada mais são do que células mortas ou sujeira presentes nos poros, obstruindo-os. O sebo reage com o oxigênio escurecendo, fazendo as incômodas bolinhas pretas aparecerem na sua pele. Todavia, em peles mais claras, os cravos podem assumir tons cinzas e amarelados.

causas do cravo

Como a orelha tem uma pele mais fina, retirar os cravos pode não ser tão simples quanto retirar de outras áreas. Tratá-los de forma errada pode causar cicatrizes, infecções e outros problemas ainda piores. Neste artigo, você vai conhecer alguns tratamentos caseiros simples, fáceis e baratos para remover cravos nos ouvidos e atrás da orelha.

Antes de mais nada, saiba que alguns dos remédios caseiros para cravos citados aqui não devem atingir o seu canal auditivo. Assim sendo, uma precaução necessária é utilizar uma bolinha de algodão no ouvido, protegendo-o.

Compressa Morna

tratamentos naturais

Muitos sabem que o calor pode abrir os poros entupidos, desobstruindo-os e retirando as impurezas, bactérias, células mortas, sujeiras e oleosidade. O calor também age como um analgésico, sendo excelente para aliviar dores causadas pelos cravos.

Confira como fazer uma compressa morna para cravos no ouvido:

  1. Ferva água em uma penela limpa e a deixe esfriar até atingir a temperatura morna;
  2. Mergulhe um pano limpo na água e aplique na região afetada pela acne por cerca de 5 minutos;
  3. Limpe a orelha após o procedimento suavemente.

Realize esta compressa até duas vezes por dia por alguns dias para colher os resultados rapidamente.

Extrator de Cravos

tipos de produtos

Eis uma ferramenta eficiente para se livrar de cravos no corpo todo, inclusive no ouvido. Você encontra esta ferramenta facilmente em algumas farmácias e ela é muito simples de se utilizar. Caso não encontre na sua cidade, você pode comprá-lo pela internet. A dificuldade que pode surgir é que você pode não enxergar os cravos. Assim sendo, chame uma segunda pessoa para auxiliá-lo no procedimento.

Passo a passo para utilizar o extrator de cravos corretamente:

  1. Aplique uma compressa morna (como visto na receita anterior) na orelha para abrir os seus poros;
  2. Passe álcool no seu extrator para eliminar todas as bactérias presentes;
  3. Coloque a ponta do extrator no cravo e pressione com suavidade;
  4. Para finalizar o processo, enxágue com água morna e aplique uma pomada anti-séptica para a prevenção de infecções (caso não a tenha, utilize um sabonete neutro anti-séptico sem sulfato).

Caso sinta dor no procedimento, tente outra receita presente aqui.

Suco de Limão

ingredientes naturais

O limão é eficiente na limpeza da pele por conter ácido cítrico, que pode eliminar células mortas e controlar a oleosidade. Assim sendo, o limão pode ser utilizado na remoção de cravos e espinhas.

Confira como utilizar o suco de limão no seu tratamento caseiro:

  1. Esprema um limão maduro em um recipiente limpo e adicione a mesma quantidade de água (na proporção de 1 para 1);
  2. Mergulhe um cotonete limpo na mistura e aplique nos cravos;
  3. Aguarde a secagem e, após secar, limpe com um cotonete limpo embebido de água morna.

Realize este procedimento até duas vezes por dia até os cravos desaparecerem.

Bicarbonato de Sódio

receitas caseiras

O bicarbonato é outro ingrediente eficiente na remoção de cravos que se encontra facilmente em muitas casas. Ele age esfoliando a pele, limpando as células mortas e eliminando bactérias e micróbios. Por fim, ele ajuda a controlar a oleosidade da pele, tornando-a menos propensa a desenvolver novos cravos.

Confira abaixo como aplicar bicarbonato de sódio na sua orelha:

  1. Misture uma colher de bicarbonato de sódio com uma colher de água em um recipiente limpo;
  2. Aplique a solução com um cotonete na região afetada pelos cravos;
  3. Aguarde por cerca de cinco minutos e enxágue com água morna.

Realize este procedimento uma vez por dia durante uma semana. Lembre-se de proteger o ouvido com uma bolinha de algodão para que o bicarbonato não afete o seu canal auditivo.

Álcool

composição

Eis outro ingrediente útil na remoção de cravos que quase todo mundo tem em casa. O álcool tem propriedades que vão eliminar bactérias e esterilizar a área afetada pelos cravos. Para usá-lo, siga o tutorial a seguir:

  1. Mergulhe uma bolinha de algodão limpa em um recipiente com álcool;
  2. Aplique a bolinha na regão afetada;
  3. Após cinco minutos de aplicação, limpe a região com um cotonete embebido de água morna.

Repita estes três passos até uma vez por dia para se obter resultados mais rápidos.

Dicas adicionais:

Os procedimentos acima são seguros, eficientes e fáceis de serem executados. Todavia, em casos mais severos é necessário consultar um profissional da área de dermatologia e se submeter a procedimentos clínicos de extração de cravos. Confira abaixo mais algumas dicas que você pode aplicar para acelerar, prevenir e efetivar o seu tratamento:

  • Limpe o ouvido com regularidade utilizando cotonetes limpos. Assim você evita o acúmulo de oleosidade, cera e células mortas, que são responsáveis pelo surgimento de cravos. Nunca utilize a mesma ponta do cotonete em um mesmo ouvido;
  • Evite tocar nos ouvidos com as mãos sujas. Evite coçar o ouvido com os dedos sujos;
  • Não aperte os cravos. Isso pode gerar infecções. Utilize um extrator de cravos, como explicado acima, ou outro procedimento natural de remoção para não agravar o problema;
  • Não raspe os cravos com as unhas. Isso pode gerar feridas, infecções ou mesmo cicatrizes desagradáveis;
  • Ao utilizar protetores solares na orelha, opte pelos livres de óleos;
  • Mantenha uma limpeza regular dos seus fones de ouvido (caso utilize);
  • Após tomar um banho, assegure-se de limpar os ouvidos com uma tolha limpa ou papel higiênico;
  • Caso você utilize alargadores, piercings ou brincos na região da orelha, faça a higiene adequada deles com frequência, sempre utilizando álcool ou sabonetes anti-sépticos para desinfetá-los;
  • Alimente-se bem. Evite produtos industrializados, ricos em carboidratos refinados, corantes, conservantes, ricos em açúcar, etc.;
  • Ao sentir dor, procure imediatamente um médico.

Ficou alguma dúvida? Qual procedimento acima você pretende tentar? Qual funcionou? Compartilhe a sua experiência conosco!

Este artigo te ajudou? Esperamos que sim! Compartilhe isso para o mundo: Obrigada! 😘

Comente! Pergunte! Relate! Sugira!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest