Efeitos da Creatina no Músculo para Hipertrofia Muscular

Publicidade

O aumento do uso de suplementos por praticantes de atividades físicas, principalmente de musculação, cresce muito nos últimos anos. Com este aumento, também crescem os números de empresas que fabricam estes produtos e que trazem novidades para aqueles que querem estar em forma e construir massa muscular.

Neste artigo, estaremos apresentando os efeitos da creatina, o que realmente é esta substância e os benefícios para o desenvolvimento muscular. Se quiser conhecer outros tipos de suplementos, leia também os artigos suplementos para musculação e suplementos para definição.

Leia também: creatina faz mal?

O que é a creatina?

A creatina está entre os suplementos mais utilizados por atletas de diversas modalidades. Ela é formada a partir de três aminoácidos: a arginina, a glicina e a metionina que fazem parte das proteínas.

Esta substância é sintetizada pelo fígado, rins e pâncreas e está naturalmente presente no músculo esquelético sendo convertida em fosfato de creatina, podendo ser encontrada em alimentos como a carne bovina e suína, peixes, ovos e leite. Os suplementos de creatina podem ser encontrados em pó, em cápsulas, líquido ou mesmo em outros suplementos com carboidratos, vitaminas e minerais.

A creatina é um importante componente para fornecer energia para o metabolismo. O ATP existente no músculo é suficiente para manter as atividades durante alguns segundos, dando uma resposta imediata aos estímulos nervosos. Conforme as moléculas de ATP se esgotam, a atividade é mantida pela presença do fosfato de creatina.

Logo, durante a atividade física, os estoques de ATP diminuem rapidamente e a creatina é responsável por restaurar estes níveis, mantendo a energia do músculo.

Vamos conhecer agora alguns dos efeitos da creatina no metabolismo:

Aumento da energia para o treino:

A creatina é capaz de desenvolver a força e a massa muscular, melhorando muito o rendimento durante a atividade física, pois ela participa da produção de energia na célula, através da produção de ATP, em formato de fosfato de creatina.

Esta substância, portanto, aumenta a disposição e a energia durante a atividade física, melhorando o desempenho do atleta.

Crescimento muscular:

Estudos mostraram que existem efeitos significativos do uso de creatina no crescimento de células musculares, deixando-as mais fortes e saudáveis.
Além disso, algumas pesquisas associam o uso de suplementos de creatina ao aumento do peso corporal, em função da maior retenção de água no músculo causada pelo aumento da creatina intramuscular, aumentando também a síntese protéica.

O uso de suplementação de creatina é mais efetivo quando esta é consumida em conjunto com carboidratos, principalmente os de alto índice glicêmico, melhorando sua absorção.

Ação antioxidante:

Assim como diversas outras substâncias e vitaminas, a creatina age como um antioxidante natural, bloqueando a ação dos radicais livres e evitando o envelhecimento precoce das células.

Regula os níveis de cálcio:

A creatina ajuda bastante na regulação dos níveis de cálcio dentro do músculo, que é fundamental para a contração muscular e também ajuda no desenvolvimento da massa magra.

Conclusão

A creatina é um dos suplementos mais utilizados por atletas e existem muitos efeitos benéficos desta substância para o desenvolvimento e o crescimento muscular.

Continue conosco nos próximos artigos e deixe aqui seus comentários ou dúvidas. Até mais.

O que você achou dos efeitos do suplemento de creatina? Deixe um comentário!

One Comment

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar!