Tudo sobre a Otoplastia (Preço, Fotos, Cuidados)

Descubra mais sobre a otoplastia

Otoplastia (fotos, dicas e imagens)

Quase todas as pessoas têm alguma parte do corpo que as incomoda, em menor ou maior grau. Uma das queixas que pode ser bastante frequente é em relação às orelhas, que podem ser maiores e mais proeminentes, conhecidas como orelhas de abano. Isso pode causar desconforto para o indivíduo além de problemas no convívio social. Para esses casos, a otoplastia pode ser a solução ideal para corrigir e eliminar esse problema.

Entretanto, como se trata de uma cirurgia é preciso conhecer mais sobre a otoplastia, quem pode fazer, seus riscos e cuidados após a operação, já que qualquer procedimento cirúrgico merece cuidado redobrado antes de ser feito.

Conheça a otoplastia

A otoplastia é uma cirurgia de correção, majoritariamente, de orelhas proeminentes, conhecidas como orelhas de abano. A otoplastia também pode ajudar a corrigir imperfeições, assimetrias, sequelas de traumas, orelhas constritas, além de ausência crônica de orelhas.

conheça

Essa é uma cirurgia principalmente estética que visa a melhorar a aparência das orelhas, garantindo um aspecto mais próximo ao convencional e, portanto, melhorando a autoestima e qualidade de vida do paciente.

Quem pode fazer a otoplastia?

Para a realização da otoplastia embora as orelhas proeminentes tenham diferentes graus não há um grau mínimo para a realização da cirurgia, que deve ser feita de acordo com o incômodo do paciente em relação às orelhas. Assim, a otoplastia pode ter apelo estético, assim como reparador e reconstrutor.

quem pode fazer

A idade mínima para a operação é de 7 anos, que é quando o crescimento das orelhas é encerrado. Também é importante que o paciente não tenha doenças graves, especialmente quanto à cicatrização e que sejam não-fumantes.

Como é feita a otoplastia

dicas de beleza

A otoplastia começa com uma anestesia que pode ser local ou geral, a ser recomendada pelo seu médico. Para corrigir as orelhas proeminentes, a incisão é feita na parte de trás, retirando-se o excesso de pele e moldando a cartilagem. Dependendo do caso, pode ser necessário retirar uma parte da cartilagem para diminuição do tamanho das orelhas.

tudo sobre Otoplastia

Suturas internas são utilizadas para manter a nova cartilagem fixa no local remodelado, com os pontos internos não precisando ser retirados. Suturas nas incisões podem ser necessárias, mas com a orelha próxima à cabeça, as cicatrizes ficam imperceptíveis.

Riscos da otoplastia

Embora seja um procedimento relativamente simples e rápido, a otoplastia, como toda e qualquer cirurgia, oferece riscos que podem atingir pessoas diferentes de modos distintos. Dentre os riscos da otoplastia estão assimetria, descoloração da pele, má cicatrização, dor, alteração na sensibilidade e sangramento. Também podem ocorrer alergias referentes aos materiais cirúrgicos bem como à anestesia utilizada.

tratamentos estéticos

Adultos correm um risco maior de sofrerem com a assimetria, já que por possuírem uma cartilagem mais dura, a cartilagem remodelada pode perder o ângulo e voltar à posição das orelhas proeminentes. Assim, também existe o risco de surgir a necessidade de fazer um novo procedimento cirúrgico.

Cuidados após a otoplastia

Escolher um profissional capacitado é apenas uma das partes que garante o bom resultado da otoplastia, já que a outra parte diz respeito aos cuidados pós-operatórios que você irá tomar. Dessa forma, se deseja atingir o resultado esperado é preciso seguir estritamente o pós-operatório recomendado para você, pois só assim há a garantia de um resultado satisfatório.

– Curativos

O curativo principal é feito ao final da cirurgia, com pomada cicatrizante e gaze e é retirado entre 24 e 48 horas após a operação, pelo próprio médico. Caso seja necessário, o profissional sinalizará a necessidade de fazer um novo curativo.

Otoplastia

Após a retirada do curativo a área da cicatriz deve ser higienizada com frequência de modo a evitar infecções e outras complicações.

– Faixa compressiva

cirurgia estética

No caso da correção de orelhas proeminentes é indispensável o uso de uma faixa compressiva específica, que deve ser utilizada 24 horas por dia, exceto na hora do banho. O tempo de uso dessa faixa é de normalmente um mês, sem intervalos.

– Atividades

precauções

Para crianças é recomendável que o tempo afastado de atividades como a escola fique entre 3 e 7 dias, de modo a evitar choques e traumas nas orelhas recém-operadas. Os adultos podem voltar às suas atividades em 48 horas, mas as atividades físicas devem ser leves por pelo menos duas semanas.

– Óculos

Assim como acontece com a rinoplastia, após a otoplastia é recomendado o cuidado com o uso dos óculos, que não deve ser muito justo à cabeça, assim como as hastes que ficam atrás da orelha. Isso porque o peso constante dos óculos pode atrapalhar e deformar a cartilagem ainda em recuperação.

cuidados

A otoplastia já ajudou e ainda ajuda muitos pacientes a ter maior autoestima, corrigindo problemas e traumas nas orelhas. Caso você sofra com esse problema, encontre um bom profissional, faça uma avaliação, conte suas expectativas e, se decidir pela cirurgia, tome todos os cuidados no pré e pós-operatório para um resultado que irá te satisfazer verdadeiramente.

Você tem alguma dúvida sobre a otoplastia? Deixe seu comentário!

Este artigo te ajudou? Esperamos que sim! Compartilhe isso para o mundo: Obrigada! 😘

Comente! Pergunte! Relate! Sugira!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *