Causas das Olheiras Roxas e Profundas: Fotos, Dicas, Ideias

Publicidade

O conhecimento popular atribui as embaraçosas e incomodas olheiras ao cansaço ou excesso de trabalho ou mesmo falta de sono e, apesar de esses fatores serem pertinentes para a sua existência, a genética é um dos fatores principais para o desenvolvimento dos temidos círculos escuros em torno dos olhos. De maneira resumida, as olheiras são o resultado de uma fina camada de pele, tão fina e frágil que sua espessura normal é cerca de ¼ da espessura do restante da pele e por conta da sensibilidade da pele, os vasos sanguíneos subcutâneos ficam mais visíveis sob certas condições de luz.

Enxergamos uma cor azul ou arroxeada nos vasos sanguíneos porque a pele filtra a luz, permitindo apenas que as ondas de luz azul e violeta atravessem por ela e sejam refletidas, por isso essa é a cor predominante e não por termos o sangue azul. Pessoas de pele mais clara terão as veias e artérias mais azuladas, enquanto pessoas de pele mais escura terão veias de cores mais esverdeadas, enquanto os albinos terão a pele tão clara que suas veias serão praticamente vermelhas, bem próximas da cor real do sangue.

Feita essa explicação, tratemos das olheiras propriamente ditas. Os círculos escuros são, em geral, resultado da luz sendo refletida de volta nesses tecidos finos sob os olhos. A sensibilidade da pele facial é o mesmo motivo pelo qual contusões faciais deixam marcas com tamanha facilidade. Outro fator que causa o surgimento das olheiras é a perda de elasticidade da pele por conta do envelhecimento, que a torna menos elástica e mais demorada a se regenerar, ficando assim ainda mais fina. É por esse motivo que idosos geralmente possuem olheiras proeminentes, mesmo que durmam bastante. Uma questão que também pode causar as olheiras são fatores biológicos como a existência de uma grande quantidade de pigmentação na região, o que resulta em olheiras que não possuem tratamento convencional, pois provém de certa aptidão genética.

Principais Causas das Olheiras Profundas e Roxas

Confira um resumo dos motivos que causam as tão temidas olheiras:

  1. A vascularização da região dos olhos é um dos fatores que mais contribuem para a existência de olheiras. Fatores como fumo, bebida em excesso, estresse e privação de sono podem contribuir para que haja uma maior circulação sanguínea na região dos olhos.
  2. A genética também é apontada pelos especialistas dermatologistas como fator de grande relevância na existência das olheiras.
  3. Com o passar dos anos, a pele se torna mais fina e flácida por todo o corpo e isso também ocorre na região dos olhos, por isso a tonalidade escura dos vasos sanguíneos se torna mais aparente, o que explica as constantes olheiras de pessoas de maior idade, mesmo que possuam hábitos saudáveis e boa alimentação.

Agora que explicamos os motivos das olheiras em geral, é hora de explicar mais detalhadamente alguns tipos de olheiras mais comuns e os meios de trata-las:

  1. Olheiras azuladas: As olheiras de tonalidade azul são resultado de sangue oxigenado circulando sob a pele dos olhos. É o tipo mais comum de olheiras e também aquela que realmente não indica nenhum problema de saúde, pois provém do funcionamento natural do corpo. A olheira azulada é mais perceptível na parte da manhã, pois ao dormir nos mantemos em posição horizontal, o que permite que os vasos se expandam e armazenem mais sangue. O tratamento mais indicado é o uso de cremes tópicos, que estimulam a região; hidratantes para a região dos olhos também são uma escolha segura e eficiente. Os tratamentos profissionais para as olheiras mais simples consistem em aplicações por meio de injeções de colágeno, que faz com que a pele dos olhos se torne mais maleável e mais flexível.
  2. Olheiras escuras ou esverdeadas: As olheiras mais escuras são causadas por hiperpigmentação, pode ser desencadeada por uma fricção excessiva da área dos olhos, exposição sem filtro solar aos raios solares e também as questões genéticas. Os tratamentos envolvem utilização de cremes clareadores, mas os clareadores dermatológicos convencionais devem ser evitados pois podem ser por demais agressivos para a área dos olhos. Os tratamentos profissionais envolvem a utilização de aplicações a laser voltadas a diminuição da pigmentação na região.

Existem algumas soluções gerais para o problema das olheiras, como a utilização de filtros solares, compressas de água e massagens locais tem se mostrado eficientes e podem ser feitas em casa, sem a necessidade de intervenção médica. Você também pode utilizar produtos cosméticos a base de ácido tioglicólico, vitamina C, cafeína e chá verde. É interessante procurar a opinião de um médico dermatologista pra que seja indicado o melhor tratamento ou tratamentos para as olheiras. Também existem truques caseiros, como a utilização de rodelas de pepino sobre os olhos, pois este é um adstringente natural e que ajudará a suavizar as olheiras. No caso de utilização de maquiagem para disfarçar as olheiras, a indicação profissional é utilizar os corretivos líquidos, que não ressecarão a pele nem realçarão as marcas de expressão.

Você tem alguma dúvida sobre as causas das olheiras? Comente!

One Comment

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar!