Como Fazer Alisamento Natural Caseiro de Cabelo Fácil

Publicidade

Com a opção de fazer alisamento natural, você que conhece as informações talvez se pergunte: Por que as pessoas optam por usar química? Talvez porque essas sejam as que ainda não conhecem tanto sobre o alisamento natural. Mas agora já pode ser sua hora de mudar.

O Alisamento Natural usa produtos como óleos e manteigas vegetais. Cada alisamento tem seus próprios métodos, mas há um que usa três óleos vegetais.

Uma informação importante que preciso deixar sobre o alisamento natural é que ele não acontece da noite para o dia, o processo demora um pouco e exige muita paciência e perseverança. Além de disciplina para continuar com o alisamento para que ele dê certo.

Sabemos que usar uma técnica que use química é ruim porque além de danificar os cabelos faz com que seja muito mais difícil voltar ao original. Por isso o alisamento natural é uma solução, pois não tem químicas, conservantes e não fazem mal nem ao cabelo e tão pouco a saúde.

Como é o Alisamento Natural?

O Alisamento Natural é feito com o uso de óleos alisadores. São óleos vegetais que na sua composição tem um aminoácido chamado lisina. Por não fazer uso da química é um processo demorado, o produto vai ocupando todos os cantos do córtex capilar até preencher onde não há lisina.

Quando estiver fazendo o alisamento natural, não pode usar nenhum tipo de química: nada de progressiva, definitiva, descoloração ou qualquer outro tipo. Porque se não de nada adiantará todo o processo já que a química é mais forte.

Quais Óleos Alisadores usar?

Para escolher os óleos você pode buscar informações sobre eles e optar os da sua preferência. Alguns têm mais poder alisador e outros menos. Como são naturais é possível trocar de óleos e só o que você precisa ter cuidado é em notar se neles há a presença do aminoácido lisina. Ah! Outra coisa que não pode esquecer também é que a base da mistura deve ser o óleo de coco, o que tem o maior poder alisador de todos os da família de óleos vegetais.

Dá para passar nos fios uma ou duas vezes na semana.

E o tempo de uso depende muito do seu tipo de cabelo. Cabelos finos aderem melhor, enquanto cabelos grossos podem levar mais tempo.

Há Contraindicações?

Não há! Todas as pessoas podem usar essa receita. A observação que você deve ter é se é alérgica a algum dos componentes.

Como eu disse que é preciso disciplina, para que o processo dê certo é preciso seguir algumas dicas. Veja aqui algumas para o Alisamento Natural dar Certo:

Uma dica é optar pelos óleos 100% naturais. A química corta 80% da propriedade dos óleos, por isso é bom ter muito cuidado ao usar qualquer tipo de química.

Use o óleo de coco natural na fórmula. É o principal para a função de alisamento, por isso deve estar em maior porcentagem e mesmo usando outros, o óleo de coco tem que estar presente.

Evite calor demais, porque o calor também corta as propriedades dos óleos. Se você usa secador ou chapinha, evite o uso constante porque ele também tira os aminoácidos que já estavam presentes no seu cabelo.

Evite também o uso de colorações mais fortes, o recomendado é a coloração natural ou um tonalizante.

Outra coisa que se deve evitar é o uso de shampoos com muito sulfato de sódio. Você pode acrescentar 50 ml de óleo de coco natural ou outro que ofereça bons resultados dentro de um frasco de shampoo com 200 ml. Isso ajuda a diminuir a concentração do sulfato de sódio.

Famosos Usam Alisamento Natural!

Saiu na revista “Caras” que a atriz Fernanda Souza também faz uso do alisamento natural. Ela usa o Aminoaplple, um tratamento a base do aminoácido carbocisteina, que “alinha” o fio do cabelo. Fernanda ainda contou o passo a passo do alisamento: “Primeiro eles hidratam seu cabelo pra receber o produto, 5 minutos depois você lava e aí começa o processo. Elas passam o mechapor mecha do cabelo, evitando as pontas pra não “sobrecarregar”, deixam 20 minutos, lavam, (ali já da pra ver que ele ficou mais liso), e depois passam a chapinha para selar o produto no cabelo. Um processo bem parecido com o da escova progressiva, só que mais prático, sem aquele cheiro que não é muito agradável e não prejudica o cabelo. Depois da chapinha, quando lavamos eu já estava ansiosa pra ver o resultado do “liso” e gostei bastante, viu? Sequei com o secador, daquele jeito meio “bagunçando” e vi que o cabelo perdeu as ondas, mas não ficou com cara de alisado, sabe? E o que me deixou mais feliz foi poder fazer minhas luzes depois e não me preocupar com isso…”, disse.

O que você achou do alisamento natural?

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar!