Dieta Hiperproteica e Hipercalórica: Consequências e Dicas

Publicidade

Dieta não é só para quem quer emagrecer. A palavra dieta se refere aos hábitos alimentares de uma pessoa. Há pessoas que começam a seguir determinados hábitos alimentares com o objetivo de perder alguns quilos ou emagrecer e há outras que seguem uma dieta para aumentar o peso. A palavra dieta é muito associada popularmente a uma forma de manter o peso ou a saúde em condições boas.

Dieta Hiperproteica Alimentos da Dieta Hiperproteica

A Dieta Hiperproteica não é muito de ser associada a um nome conhecido, não é mesmo? Proteínas! Essa dieta é aquela onde a pessoa precisa consumir uma quantidade um pouco maior de proteínas e gorduras com baixa ingestão de carboidratos no dia. Ela também pode ser conhecida como Dieta das Proteínas.

o que pode e o que não pode

Além dos citados, ela prioriza o consumo de laticínios, verduras e carnes. Por outro lado restringe o consumo de pães, algumas frutas, doces e massas.

Como Funciona a Dieta Hiperproteica

Para as dietas para emagrecer, o consumo dos carboidratos não é muito bem vindo.

A dieta deixa de fora os alimentos que contém carboidratos, pois são eles os responsáveis por acumular peso.

dicas de dietas

Quando se fica sem ingerir os carboidratos, a glicose do sangue é aumentada e aumenta-se também a liberação de insulina que estimula a formação das reservas energéticas. Para gerar energia, o organismo queima as nossas reservas e por isso conseguimos perder peso.

para ganhar massa magra

Os alimentos ricos em proteína (iogurte, carnes, queijos e leite, por exemplo ) são responsáveis por ajudar na construção das células e dos tecidos do nosso corpo. Já que você não vai consumir carboidratos, a proteína será a principal responsável para o corpo gerar energia.

Dieta Hiperproteica para Quem Malha

sugestões de alimentos

Um grupo considerável de pessoas que buscam a Dieta Hiperproteica são os esportistas, porque desejam ganhar massa muscular e também pela necessidade da força. Geralmente os praticantes de atividades físicas intensas ou esportes precisam de mais proteínas, e esse fato varia muito de acordo com o seu tipo de atividade ou treinamento.

alimentos deliciosos

Para notar a diferença é só perceber que o recomendado para pessoas sedentárias é a ingestão de 0,8g por dia de proteínas. Já os praticantes de atividades físicas podem precisar de até 2 g de proteínas por dia. Então você percebe que o recomendado para os atletas é mais acida para suprir as necessidades do organismo nos exercícios físicos.

Dieta Hiperproteica

O ideal para saber a quantidade recomendada para o seu tipo físico é buscando um profissional, como um nutricionista esportivo. Ele calculara a necessidade mais apropriada.

Cuidado com a Dieta Hiperproteica

Dieta Hiperproteica

A Dieta Hiperproteica não pode ser praticada por muito tempo, isso porque com a restrição e corte de alguns alimentos, o organismo fica comprometido e corre o risco de alterar o seu funcionamento, prejudicando-o. O ideal é seguir por quinze dias, já que seguido por muito tempo pode causar a falta de vitaminas e minerais.

uma delícia

Quando a dieta acabar consuma frutas. Aproveite o almoço e o jantar para voltar a levar as vitamina ao corpo. Já na segunda semana volte a comer pão no café da manhã e na terceira semana pode comer macarrão, feijão e arroz nas refeições principais. Porém tudo sem exagero. Afinal o segredo de tudo é a moderação.

Dicas de Alimentos para Dieta Hiperproteica

Os cardápios podem ser de diversas opções. O ideal é formula-lo com a ajuda de um profissional.

Dieta Hiperproteica

Você pode customizar a dieta da seguinte forma:

(se lembre de que aqui é apenas um exemplo.)

  • Café da manhã – uma boa pedida para o café da manhã é iogurte natural e queijo minas fresco.
  • Lanche da manhã – o bom para consumir pode ser algumas fatias de peito de peru defumado.
  • Almoço – omelete com queijo e presunto, salda de folhas e gelatina diet na sobremesa são algumas opções.
  • Lanche da tarde – para o lanche da tarde algumas fatias de queijo mussarela e café com leite sem açúcar ou copo de leite são ótimas opções.
  • Jantar – filés de peito de frango assado, salada de folhas e gelatina diet são alternativas para o jantar.
  • Ceia – uma xícara de chá sem açúcar é leve para não prejudicar o sono.

A dieta hiperproteica não te deixar passar fome para emagrecer, você come proteínas em todas as refeições. Porém alguns cuidados podem ser necessários para que tudo ocorra bem: não fique sem comer, não faça substituições, evite as tentações, não elimine as gorduras do cardápio, faça musculação para manter e ganhar massa magra, não deixe de se movimentar, mas com cuidado para os exercícios pesados no inicio já que seu corpo não está acostumado à nova fonte de energia – musculação e caminhadas leves, yoga ou alongamento são boas opções.

Conheça a alimentação para dieta atkins!

O que você achou das dicas da dieta hiperproteica? Comente!

One Comment

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar!