Dieta Francesa para Emagrecer

Publicidade

A dieta francesa, também chamada de dieta Dukan, é uma dieta formulada pelo médico nutrólogo francês Dr. Pierre Dukan basicamente formada por fontes de proteínas e legumes. Esta dieta traz resultados rápidos de emagrecimento, possuindo milhares de adeptos.

dicas de alimentos

Vamos falar um pouco sobre os pilares da dieta francesa e dar sugestões para você ter resultados de emagrecimento de maneira segura. Se quiser saber mais sobre o processo de emagrecimento, leia também o artigo como perder peso.

O que é a dieta francesa?

como emagrecer fácil e gostoso

O corpo precisa diariamente de calorias, buscando através dos alimentos a energia necessária para executar suas funções. O grupo dos macronutrientes (carboidratos, proteínas e gorduras) é que fornecem estas calorias através dos alimentos, sendo os carboidratos a primeira opção energética para o metabolismo.

emagrecimento

Quando se reduz o total de carboidratos da alimentação, seu corpo será obrigado a buscar outra fonte de energia, utilizando a gordura estocada e reduzindo peso e medidas. Este é o princípio da dieta francesa que é formada basicamente por proteínas e legumes, promovendo uma redução de peso rápida.

uma delícia para seu almoço

O percentual ideal de carboidratos deve estar entre 50% e 60% das calorias diárias. Na dieta francesa, estes valores são praticamente nulos na primeira fase e vão aumentando com o passar dos períodos, sendo incluídos novos alimentos.

dieta francesa

Vamos apresentar, a seguir, algumas dicas para fazer de maneira adequada a dieta francesa:

Coma somente fontes de proteínas saudáveis:

Na primeira fase da dieta francesa, coma somente alimentos à base de proteínas e sem carboidratos, entre eles as carnes bovina, suína, de frango, os peixes e frutos do mar, leites, iogurtes e ovos. Escolha sempre as versões magras e sem gordura.

como fazer dieta francesa

Não faça mais do que 7 a 10 dias deste primeiro período, pois a ausência dos carboidratos pode causar diversos problemas de saúde, entre eles o enfraquecimento do sistema imunológico, a perda de massa muscular, irritabilidade, dores de cabeça, entre outros;

Coma alimentos com baixos teores de carboidratos:

No segundo período, coma as proteínas da primeira fase e acrescente também porções de verduras como alface, a rúcula, o espinafre, a couve, e também legumes diversos como o tomate, a cebola, cenoura, couve-flor, vagem, com exceção dos tipos de batata ou mandioca que são ricos em carboidratos.

dicas da dieta francesa

Da mesma maneira que na primeira fase, não exceda mais do que 7 a 10 dias deste período, evitando problemas de saúde;

Inclua alimentos probióticos:

Os alimentos probióticos são aqueles que contêm bactérias benéficas para a saúde como os iogurtes e bebidas lácteas. Como a dieta francesa é rica em alimentos à base de proteínas, os alimentos probióticos irão auxiliar na digestão, evitando problemas intestinais;

Beba muita água:

O excesso de proteínas pode sobrecarregar os rins, portanto, a ingestão de água deve ser maior, sendo, no mínimo, de 35 mL de água por quilo de peso.

É possível também aumentar o consumo de outros líquidos como os chás sem açúcar e outras bebidas termogênicas, melhorando a redução da gordura, como vimos no artigo suplementos termogênicos;

dieta francesa

Conclusão

A dieta francesa possui muitos adeptos devido ao seu potencial de promover o rápido emagrecimento e também a redução da gordura corporal. Vale lembrar que este tipo de dieta deve ter o acompanhamento de um profissional especializado e só pode ser realizada por pessoas que não tenham problemas de saúde.

Continue conosco nos próximos artigos e deixe aqui seus comentários ou dúvidas. Até mais.

Você já tentou fazer a dieta francesa? O que achou? Comente!

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar!