Para que Serve a Creatina Monohidratada? Veja Benefícios

Publicidade

Os suplementos para praticantes de esportes estão revolucionando o mercado. A cada ano podemos encontrar novas marcas e tipos diferentes de produtos disponíveis. A creatina está entre os suplementos mais buscados por praticantes de atividades físicas, principalmente de musculação.

monohidratada

Neste artigo, vamos falar sobre um dos tipos mais comuns de creatina do mercado: a creatina monohidratada. Se quiser conhecer mais sobre este assunto, leia também os artigos qual a melhor marca de creatina e alimentação pré-treino.

O que é a creatina monohidratada?

o que é

A creatina é uma substância naturalmente presente nos músculos, sendo formada a partir de três aminoácidos: metionina, arginina e a glicina, sendo posteriormente convertida em fosfato de creatina. Ela pode ser encontrada em diversos alimentos como carnes, ovos, leite e peixes, sendo muito utilizada em suplementos para atletas.

ganhe musculos

Existem muitos tipos diferentes de creatina, como o citrato de creatina, o malato de creatina, o fosfato de creatina, o tartarato de creatina, entre outros. Porém, a forma mais comum desta substância é a creatina monohidratada, que é formada por 88% de creatina e 12% de água.

creatina monohidratada

A creatina monohidratada é o tipo de creatina mais utilizado em suplementos para atletas, principalmente fisiculturistas, e também é a mais pesquisada entre todos eles. Os suplementos de creatina podem ser encontrados em pó, em cápsulas e líquido.

Quais os benefícios da creatina monohidratada?

quais os benefícios

A creatina monohidratada é muito importante na produção de energia dentro da célula. O ATP existente no músculo mantém a energia por apenas alguns segundos, sendo posteriormente substituído pelo fosfato de creatina que garante a liberação de energia.

Desta forma, a creatina monohidratada é bastante utilizada para melhorar o desempenho dos atletas durante o treino, atuando também no aumento da síntese protéica, promovendo o desenvolvimento muscular.

A suplementação de creatina monohidratada também promove maior volume muscular, devido ao aumento de água dentro da célula. Outro benefício do uso da creatina é seu poder antioxidante, ajudando no bloqueio da ação dos radicais livres e também influenciando no controle dos níveis de cálcio que é fundamental para a contração muscular.

principais cuidados

Cuidados no uso da creatina monohidratada

Apesar de não haver um consenso em relação aos efeitos adversos do uso de creatina, muitos especialistas recomendam cautela na utilização deste tipo de suplemento. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a ANVISA, é a responsável pela regulamentação deste tipo de produto no Brasil, contemplando a creatina monohidratada na RDC no. 18/2010, estabelecendo todos os seus requisitos.

desenho

A legislação recomenda que o produto pronto para consumo deva conter de 1,5 g a 3,0 g por porção de creatina monohidratada. E os especialistas indicam que a utilização não deve passar de 3,0 g por dia, mantendo os limites de segurança.

creatina monohidratada

Muitas pesquisas demonstram possíveis problemas renais, hepáticos e cardíacos com o uso prolongado de creatina monohidratada, porém não existe uma comprovação científica que efetivamente comprove esta questão.

Conclusão

Este produto é, sem dúvida, o suplemento mais utilizado por atletas de diversas modalidades, devido à sua capacidade de aumentar a síntese protéica e, como consequência, o volume muscular, auxiliando também no aumento da força durante o treino e na melhoria do desempenho.

Continue conosco nos próximos artigos e deixe aqui seus comentários ou dúvidas. Até mais.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar!