Como Se Livrar de Estrias, Celulites, Varizes Definitivamente

Publicidade

Quer se livrar da ameaça das estrias? Confira alguns tratamentos possíveis

dicas femininas

As mulheres, simplesmente, odeiam pensar e abominam apenas a ideia de serem vitimas das indesejadas estreias. Afinal, quando aqueles malditos riscos começam a surgir na pele, o temor é gigantesco e a primeira dúvida sempre é: existe um meio para se livrar disso?

procedimentos e tratamentos

Mas, mantenha a calma! Existem várias possibilidades para acabar com a ameaça das estrias ou em algumas situações mais complicadas, pelo menos, aliviar as marcas. Então, a seguir confira cinco dicas de procedimentos para se livrar de uma de todas dessa praga:

1 – Cosméticos com hidratantes e ácidos

Não é a maneira mais eficiente, no entanto, pode auxiliar como um apoio essencial no seu tratamento, pois auxilia na hidratação e permite que a pele se fortalece de forma mais ágil, aumentando a produção do novo colágeno.

Como Se Livrar de Estrias

 

A aplicação com cremes leva mais tempo e demora praticamente um ano para começar a dar resultado.

2 – Microdermabrasão ou peeling de Cristal

Essa opção conta com a função de retirar a camada mais superficial da sua pele, de uma maneira bem suave, desta forma, possibilita a recuperação celular desta região afetada pelas estrias. Sendo assim, a pele é lixada por meio de cristais de oxido de alumínio. Mesmo não sendo o tratamento contra estrias mais utilizado, esse método precisa ser usado em conjunto com outras opções, já que individualmente não apresenta tanto progresso.

Como Se Livrar

 

Um detalhe importante é a preocupação em procurar por profissionais qualificados, pois, se houver um exagero pode ocorrer a infelicidade da permanência de marcas na pele. A quantidade de consultas varia bastante, no entanto, normalmente, o paciente acaba realizando um procedimento único a cada mês, com duração de cinco meses.

3 – Subcisão

Neste método, ocorre a divisão do tecido da pele na região atingida pelas estrias a partir do tecido mais fundo da estreia, com uma agulha especial.

Como Se Livrar de Estrias

 

Desta forma, o sangue e as células da coagulação e da cicatrização na região afetada provocam uma nova recuperação da lesão para equilibrar e manter um aspecto mais parecido com o restante da pele. Esse método deve ser realizado em conjunto com outros procedimentos para maximizar os seus resultados. Contudo, há uma possibilidade de hiperpigmentação, ou seja, o escurecimento da região, tendo que ser tratado depois, caso realmente se concretize essa chance. No entanto, no momento que a pele se normaliza, podem ser usados outros procedimentos. Normalmente, são realizadas até três sessões, levando em consideração um detalhe: a técnica não deve ser feita em menos de sessenta dias na mesma área de pele.

4 – Radiofrequência Fracionada

novas tecnologias

É um dos tratamentos mais utilizados no continente europeu para acabar com as estrias. Essa técnica usa a eletricidade por meio da Radiofrequência Subablativa Fracionada. A energia tem a capacidade de penetrar de maneira mais balanceada e profunda na pele, agindo na reformulação até a derme, sem ferir tanto a superfície, como ocorre em outros casos. Desta maneira, rebaixa o relevo da estreia e mantém a pele com uma textura mais lisa e mais firme. Por se tratar de um procedimento com a eletricidade que percorre de um ponto a outro, pode ser usado em qualquer tipo de pele, sem se preocupar com a taxa de melanina. A Radiofrequência Fracionada demonstra excelente resultando, atingindo até mesmo a porcentagem de 90% de eficiência, com um índice mínimo de risco de complicações e nas situações que há algum imprevisto, desaparecem rapidamente. Esse tratamento tem uma duração de até cinco sessões, logo, de cinco meses. Os resultados já começam a surgir na segunda sessão. Não é recomendado para grávidas.

5 – Laser Ablativo Fracionado CO2

antes e depois

A utilização do laser pode ser feito nas duas etapas da esfria. O laser de CO2 causa a evaporação da região em que foi aplicada, de maneira como se tivessem usado inúmera agulhas perfurando a pele e esses pequenos pontos vão ser retirados pelo próprio organismo, que nessa região atingida produz uma renovação celular, auxiliando a diminuir as esfrias, o que acabará tornando-as bem menos visíveis. O método não é indicado para grávidas, pessoas em tratamento com isotretinoína, com herpes em atividade, pacientes com sensibilidade à luz, pacientes em tratamento imunossupressor (como quimioterapia ou radioterapia), lesão pigmentar suspeita e com histórico de problemas de cicatrização.

Sendo que o laser de CO2 tem a chance de causar mudanças na pigmentação, ainda é inapropriado a sua utilização em pacientes com fototipos muito elevados, ou seja, pacientes de pele morena ou mesmo negra. Já no que se refere ao número de consultas, isso pode variar. Mas, geralmente, o paciente comparece a cinco encontros, que ocorrem mensalmente. O índice de aprovação dos pacientes varia de moderado a bom. E quando o laser é utilizado com outras técnicas, por exemplo: cremes a base de ácido, esse resultado pode ser maximizado e possibilidade de sucesso cresce consideravelmente.

O que você achou das dicas de como se livrar de estrias? Comente!

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar!