Bijuterias Finas: Como Fazer, Guardar + Modelos Lindos!

Publicidade

Você sabe de onde vem o termo bijuteria? E você sabe como surgiu este adereço que a principio, foi criado para imitar jóias? As bijuterias são acessórios corriqueiros, fazem parte da vida de qualquer pessoa, há anos, muitos anos!

A palavra bijuteria vem do francês “bijouterie” que significa jóia. Se olharmos para trás, desde o início da história da humanidade, nossa espécie utiliza acessórios e adornos corporais para diferentes propósitos, passando por motivos religiosos, amuletos para proteção e sorte, ou pura e simplesmente como enfeite, e tudo varia de uma cultura para outra.

moda feminina

As primeiras bijuterias feitas com o propósito específico de imitar jóias remontam à década de 1920, mais especificamente após a grande crise americana, em 1929. As peças que utilizam ligas metálicas menos nobres semelhantes ao ouro e prata foram inseridas no cotidiano em substituição às jóias caras fabricadas com pedras e metais preciosos.

bijuterias da moda

De lá para cá, as bijuterias ganharam cada vez mais destaque, os materiais utilizados em sua confecção foram ficando cada vez mais diversos, bem como as possibilidades de combinações e formas. Algumas bijuterias imitam com perfeição jóias finas, tendo como atrativo principal o preço reduzido e a segurança de se utilizar algo não tão valioso no dia a dia.

as mais finas

Existem bijuterias bem baratas cuja durabilidade normalmente é menor devido à baixa qualidade dos materiais utilizados em sua fabricação, existem também as peças meio termo com preços mais elevados porém, melhor qualidade e resistência, e ainda é possível optar pelas bijuterias finas, que são peças elaboradas com materiais mais nobres como pedras e metais semi-preciosos e muitas vezes provém de uma criação de design.

cuidados necessários

Os cuidados com estas peças devem ser diferenciados, assemelhando-se aos cuidados que se deve ter com jóias verdadeiras.

Como guardar suas bijuterias finas:

  1. você deve proteger a sua bijuteria da umidade. Para isso, nunca guarde as peças no banheiro ou em locais úmidos e abafados como armários por exemplo. DICA: para garantir um ambiente ainda mais seco, você pode guardar próximo à sua bijuteria fina, pedaços de giz de lousa ou saquinhos de sílica, ambos ajudam a absorver qualquer umidade no local de armazenamento.
  2. após uso intenso, em dias de calor, por exemplo, quando suamos mais intensamente, é importante limpar as peças antes de guardá-las, para evitar manchas e oxidação. Utilize um pano seco e macio.
  3. Se for necessário lavar a bijuteria, lave-as separadamente com água corrente, utilizado, caso seja indispensável, sabão neutro. Deixe as peças secando sobre uma toalha na sombra. Você pode utilizar um secador com temperatura morna ou fria.
  4. Guarde as peças separadamente, o atrito pode danificar as bijuterias que muitas vezes são banhadas a ouro ou prata. Procure deixá-las dentro dos saquinhos de pano ou caixinhas nas quais normalmente elas vêm quando compradas.
  5. Cuide para que a bijuteria não caia no chão, principalmente se ela tiver pedras ou imitações de pedras, pois estas podem se quebrar, inutilizando a sua peça.

como guardar como conservar dicas de cuidados

Há tantas opções de bijuterias finas disponíveis no mercado hoje em dia que fica difícil escolher! Algumas são incrivelmente semelhantes a jóias finas, tão elegantes quanto e causam o mesmo impacto visual. Há casos em que distinguir ma jóia de uma bijuteria fina, só mesmo para os experts!

Foi-se o tempo em que usar uma bijuteria era considerado brega ou inadequado, as opções são tantas que qualquer um pode compor um visual moderno e transado utilizando peças bem diferentes e originais, assim como há designers para jóias, há também quem desenvolva belas peças de bijuterias finas, criativas e dentro das tendências.

bijuterias fotos e dicas bijuterias finas bijuterias da moda design fino dos melhores deisgners das melhores grifes modelos de bijuterias

Você já imaginou o preço de um maxi colar de turquesas, se todos os materiais fossem de fato, preciosos? A bijuteria veio para democratizar a moda! Este mercado é altamente rentável, há até quem garanta uma renda extra produzindo em casa peças finas com materiais que podem ser encontrados em lojas especializadas e até mesmo na internet.

Existem cursos presenciais e online para quem quer aprender a fazer bijuteria, então além de ser adepta do seu uso, você ainda pode fabricar a sua própria bijuteria e ainda complementar sua renda!

Caso você não tenha tempo, disposição ou habilidade, pode se contentar com aquisição de peças cada vez mais elaboradas e resistentes!

as dicas mais legais com pedrinhas feito de ouro feito de prata

No mercado especializado de bijuterias finas você encontra:

  • Anéis variados, grandes ou pequenos com pedras e até brilhantes;
  • Brincos pendentes ou pequenos de infinitas cores e modelos;
  • Pulseiras com tons ouro ou prata, pulseiras de berloque ou couro com enfeites e pingentes de metais nobres ou banhados à ouro e prata;
  • Braceletes com pedrarias e vidros;
  • Colares diversos, com pingentes elaborados e muito resistentes;
  • Pérolas, ou melhor, imitação de pérolas muito bonitas e bastante resistentes, a madrepérola também é um material muito bonito e versátil;
  • Relógios e acessórios de modo geral.

Na hora de comprar, cabe avaliar a qualidade e resistência da peça, se for uma loja especializada em bijuterias finas, provavelmente você receberá uma garantia da sua peça no ato da compra, guarde bem caso ocorra algum problema inesperado para que você possa devolvê-la!

Agora é só escolher as suas preferidas, e usar!

2 Comments

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar!